(41) 3242.4089 contato@labadeetour.com.br

No extremo norte africano, o Marrocos é um daqueles destinos pitorescos que povoam o imaginário popular. Distante e completamente diferente, viajar para o Marrocos é ser invadido por sensações, sabores e aromas até então desconhecidos. Em meio às paisagens ora áridas, ora coloridas, ora cheias de vida e ora ocres, há muitas tradições, culrura e história para se contar.

Um país de hábitos tão peculiares nem parece que está próximo a destinos mais familiares como Portugal e Espanha. Porta de entrada do continente africano, visitar o Marrocos é uma experiência fantástica. O país recebe mais de 10 milhões de turistas por ano, curiosos para conhecer seu povo e cultura milenar. Cheio de contrastes, entre cidades milenares, palácios suntuosos, povos nômades e o deserto, há hábitos imutáveis. Conhecidos pela receptividade, apesar dos costumes rigorosos, o povo marroquino é aberto para novos olhares.

“O Marrocos é como uma árvore com as raízes em África, cujas folhas respirar o ar europeu.” A citação do rei Hassan II mostra que, apesar das tradições, o Marrocos é um país aberto que cada vez mais recebe influências europeias. Neste post, apresentamos 3 elementos incríveis da cultura marroquina.

Toda hora é hora do chá

Bebida mais consumida do país, o chá já foi apelidado de “whisky marroquino” pelas ruas do Marrocos. A lenda conta que os ingleses largaram, pelo século 18, carregamentos de chá vindos da Ásia pelos portos marroquinos. Frio ou calor, o chá se tornou a bebida nacional e é, também, um sinal de hospitalidade. O chá verde é o principal (no sul do país), sendo comum o chá de menta (na região norte) e a junção dos dois sabores também é muito apreciada. Certo mesmo é exagerar na dose de açúcar – o chá marroquino não é uma bebida para diabéticos!

Os chás também têm propriedades benéficas para a saúde dos marroquinos. Verde ou de menta, ambos são bebidas relaxantes, purificadoras e diuréticas. Alguns estudos apontam a eficácia o chá de menta no combate à dor, devido a sua ação analgésica. Ambos os sabores também atuam na digestão de comidas pesadas, com o bônus do efeito calmante.

Tradicionalmente, a bebida é servida em bules de metal (prata ou latão). E acompanha um ritual para ser servida: os primeiros copos servidos são colocados de volta no bule para que o liquide se misture bem com o açúcar. Depois de repetir cerca de três vezes o ritual, o chá está liberado para ser degustado.

Arte na pele – tatuagem de henna

Nas zonas turísticas do Marrocos, é comum ver mulheres vendendo – por um preço sempre negociável – as pinturas corporais feitas de henna. Conhecida como “planta do paraíso”, as folhas da henna são trituradas até virar um pó fino e verde. Misturado com água quente, o pó se transforma em uma massa espessa muito usada para tatuagens e para colorir o cabelo.

Além da vaidade, as tatuagens de henna têm um significado simbólico na cultura marroquina. As mulheres costumam cobrir os pés e as mãos com desenhos feitos com henna para celebrar etapas significativas da vida. Casamentos, noivados, nascimentos são motivos para celebrar e fazer as tatuagens. As “hennayates” – mulheres que fazem as tatuagens – têm eximia destreza e atenção aos detalhes.

As tatuagens saem facilmente depois de algumas lavagens. Alguns homens mulçumanos utilizam a henna para pintas os cabelos e barbar. Segundo a lenda, Maomé teria pintado a barba com um corante natural e para os homens mulçumanos, repetir esse ato trata sorte para a vida.

Dinanderie – o artesanato marroquino

Parte da cultura marroquina está visível no artesanato. Nos souks (mercados) os artesões expõem e trabalham nas suas criações. Utilizando vários tipos de materiais, os trabalhos feitos em metais recebem um nome especial: os dinanderie. Existente desde o século 12, a fina arte de trabalhar o metal é muito valorizada no Marrocos. A partir de muitas marteladas e cinzeladas, as peças ganham formas magnificas. Não há um trabalho igual ao outro, cada peça é única. Muitas vezes, dependendo da peça, seis artesãos trabalham para dar contornos leves ao metal pesado.

 

Viaje para o Marrocos com a Labadee! Faça um tour especial pela terra do sol poente e conheça cidades como Casablanca, Rabat, Fez, Marrakech, entre outras!

O pacote da Labadee inclui aéreos saindo de São Paulo, hospedagem deluxe, alimentação, acompanhamento de guias desde o Brasil, ingressos para pontos turísticos, seguro viagem e muito mais!

Converse com nossos consultores e reserve seu lugar!

 

Leia também:

Roteiro especial no Marrocos, a terra do sol poente

Descubra o Marrocos: especial gastronomia

 

Deixe seu comentário