(41) 3242.4089 contato@labadeetour.com.br

O que fazer no Deserto do Atacama

Caracterizado por extremos, o Deserto do Atacama pode facilmente ser descrito como um dos lugares mais impressionantes do planeta. Apesar da condição de ser o deserto mais alto e árido do mundo, o Atacama quebra todas as regras e coleciona as mais diversas paisagens da natureza.

Esqueça a tradicional composição de apenas dunas e cactos! Vulcões, lagunas, vales, gêiseres e até mesmo vida animal fazem parte do rico cenário da região. Então vamos lá desvendar algumas dessas belezas:

 

Valle de La Luna

Pertencente à Cordilheira do Sal, o Vale da Lua esbanja inusitadas formações compostas de rocha, areia e sal e esculpidas pela ação dos ventos e da chuva. Além de cânions e cavernas como as principais atrações do local, destacam-se as Três Marias, três esculturas feitas pela própria natureza com a forma de três mulheres e a Grande Duna, com curvas e cores impressionantes.

Valle de La Muerte

O Vale da Morte preserva formações ainda maiores e mais pontiagudas, em um dramático e árido cenário do Atacama. Suas dunas de areia são muito utilizadas para a prática de trekking e sandboard. Ao topo das formações arenosas encontra-se um mirante que garante a melhor vista panorâmica das cores e camadas da região.

 

Salar de Atacama

Anexo a Reserva Nacional Los Flamencos, o Salar de Atacama é composto por enormes áreas salinas. Uma delas é a Lagoa Chaxa, lagoa com mais de 3 quilômetros quadrados que resultam em um excelente ponto de observação das três espécies de flamingos da região.

 

Salar de Tara

Próximo à tríplice fronteira entre Chile, Argentina e Bolívia, o Salar de Tara é considerado um dos segredos do Atacama. Apesar de estar fora das rotas tradicionais pela região, o local rodeado por montanhas e vulcões esbanja um paredão de rochas conhecido como ‘’As Catedrais de Tara’’ e uma belíssima lagoa a mais de 4.000 metros de altitude.

 

Geysers del Tatio

Neste campo geotérmico de origem vulcânica, inúmeros gêiseres entram em erupção e expelem jatos de vapor d’água que podem chegar a 10 metros de altura. O terceiro maior campo geotermal do mundo ainda abriga uma área termal de piscinas naturais com temperaturas médias de 33°C.

 

Lagunas Altiplânicas

As Lagunas Altiplânicas do Salar de Atacama abrangem as lagoas Miscanti e Miñiques, pertencentes a Reserva Nacional dos Flamingos. Ambas se encontram aos pés de uma cadeia de vulcões cobertos de neve e foram formadas pelas águas provenientes de seus degelos. O horizonte de montanhas e vulcões completa o cenário deslumbrante das lagunas.

 

Piedras Rojas

A paisagem de Piedras Rojas é formada por pedras de diversos tamanhos e coloração avermelhada, proveniente da grande concentração de ferro oxidado nas rochas. As formações estão refletidas em uma majestosa lagoa de águas esverdeadas do local.

 

Termas de Puritama

Integrado à paisagem ao redor, o Termas de Puritama é um complexo de piscinas termais artificial formadas ao longo de um rio de águas quentes. Com temperaturas entre 28°C e 35°C, 8 piscinas foram construídas com um impressionante visual do vale onde se situam.

 

Laguna Cejar

Composta em sua grande parte por sal, a Laguna Cejar permite uma experiência semelhante ao Mar Morto. Não é possível afundar, apenas flutuar por suas águas. De coloração azul, as águas da lagoa costumam ser baixas, sendo mais indicadas no verão.

 

Quem diria que o Deserto do Atacama teria tantas atrações e paisagens?! Deixe nos comentários o seu lugar preferido!

 

Deixe seu comentário