(41) 3242.4089 contato@labadeetour.com.br

Uma viagem de férias comum envolve um planejamento bem feito. Primeiramente, você precisa escolher e pesquisar destinos, reservar hotéis e passagens, planejar os pontos turísticos do lugar, organizar roteiro e deslocamento e etc. Além disso tudo, você deve também incluir o orçamento para alimentação.

Antes de tudo, você deve pensar em todos os detalhes. E é aí que a mágica dos cruzeiros entra,  transformando sua viagem em muita praticidade, juntando tudo que você precisa em um só lugar! 

Agora que você sabe alguns benefícios de fazer uma viagem de cruzeiro, que tal se aprofundar ainda mais e escolher uma viagem diferente, feita pelos rios e não em alto mar?

A seguir, nós vamos explicar as principais diferenças entre um cruzeiro fluvial e marítimo, para que você possa escolher a melhor opção para as suas próximas férias! Vamos lá? 

Navio fluvial x navio marítimo 

De todas as diferenças existentes entre cruzeiros marítimos e fluviais, a maior delas você já sabe: um deles pode comportar mais de quatro mil passageiros e o outro transporta uma média de 150 pessoas. Ah! E claro, um é em alto mar e o outro é no rio! 

O motivo do cruzeiro fluvial ser bem menor que o marítimo, é que existem muitas limitações ao navegar por um rio. As passagens são mais curvas, menos espaçosas e com curto espaço para manobrar. 

Independente da montadora, os navios costumam ter dimensões semelhantes, sendo em média quatro andares (decks) e 110 metros de comprimento. O navio marítimo por sua vez, pode chegar até a 18 decks com um comprimento superior a 300 metros. 

Atrações 

Uma das grandes vantagens de um cruzeiro é a quantidade de atrações reunidas dentro dele. No navio marítimo, você pode desfrutar de piscinas, teatros, cassinos, restaurantes, entre outros ambientes propícios para comportar um grande número de pessoas.

Já o navio fluvial, tem menos opções, mas conta com espetáculos intimistas e espaços em comum. Como a navegação acontece próximo a terra, um dos grandes atrativos são as paradas mais longas para que o turista possa explorar a região e conseguir realizar passeios locais mais aprofundados.  Além disso, as janelas panorâmicas do navio possibilitam uma das mais belas vistas que os passageiros podem contemplar! 

Acomodações 

Os navios também se diferenciam quando o assunto é acomodação. No navio em alto mar há diversas opções de cabines, com varandas e solários privativos, podendo acomodar desde um passageiro até famílias grandes. 

Os cruzeiros fluviais, por sua vez, têm o número de hóspedes reduzido e o atendimento mais personalizado, tendo um tripulante disponível para cada três passageiros. 

Diferente do marítimo, o cruzeiro fluvial não possui muita variedade no quesito acomodação, no entanto a maioria das cabines são externas, possibilitando a paisagem de tirar o fôlego ao longo da viagem.

Destinos mais procurados

Alemanha - Heidelberg medieval, vista do navio fluvial com a ponte e o castelo Karl Theodor

Apesar do navio marítimo ter toda a sua estrutura com diversas atrações, os passageiros também precisam analisar o destino da viagem.

As embarcações tendem a seguir um roteiro comum permanecendo no Brasil entre novembro de um ano e abril do ano seguinte. Isso possibilita não apenas viajar pelo país, mas também visitar países próximos da América Latina.

Após esse período, o frio começa a aparecer e os navios seguem para uma temporada na Europa, pois o clima esquenta por lá. Pesquisas indicam que a tendência são destinos exóticos, como roteiros feitos pelas regiões da Ásia que passam pelo Oceano Índico.

Quanto aos destinos dos cruzeiros fluviais, a alta procura, segundo dados da Avalon Waterways, são roteiros considerados clássicos, que passam pelos Rios Sena, Reno e Danúbio, mas, acima de tudo as escolhas variam muito de acordo com a época do ano e vale ressaltar que a maioria dos navios concentram seus roteiros pela Europa.

Entretanto, no Brasil também há opções de destino como Pantanal, Rio Negro e Rio Amazonas. O principal atrativo é a natureza, diferente das rotas europeias que focam na arquitetura histórica das cidades. 

Agora que você já sabe as principais propostas de cada cruzeiro, vale a pena analisar as duas opções antes de fazer a sua escolha. E, o que podemos garantir, é que ambas as experiências serão únicas, porque independente do navio, o conforto e o atendimento oferecem a mesma qualidade. 

E aí, vamos planejar seu próximo cruzeiro? Entre em contato com a Labadee Tour e confira essa oportunidade imperdível de viajar a bordo de um cruzeiro fluvial da Uniworld pelos encantadores rios da Europa!

Deixe seu comentário