(41) 3242.4089 contato@labadeetour.com.br

O que saber sobre ROI no planejamento de viagens corporativas

Quanto antes sua empresa se preparar para viagens corporativas, maior é a chance de ter os melhores resultados possíveis. Esse tipo de viagem é necessário em muitas situações e pode gerar uma série de benefícios, mas para que isso seja possível, você deve estar devidamente preparado, o que inclui saber sobre ROI.

A abreviação vem de Return on Investment, que significa retorno sobre investimento. Trata-se de um importante indicador que companhias utilizam para mensurar a efetividade das várias formas de investimentos feitos em seus negócios. 

Como é feito o cálculo do ROI para viagens corporativas?

Ao compreender como o ROI afeta suas viagens corporativas, é possível repensar estratégias com o intuito de otimizar suas despesas e evitar perdas. Para tanto, é necessário conhecer a fórmula, que é bem simples. Ela consiste na redução do custo da receita, seguida da divisão do resultado pelo custo e depois deve-se multiplicar o valor por 100. O número que surgir da equação é o retorno sobre o capital investido. Por ser em porcentagem, ele torna a comparação com produtos e projetos de várias áreas mais fácil. 

O que fazer para identificar os benefícios gerados pelo investimento?

Depois de ter o resultado do ROI, é importante saber como identificar os benefícios desse investimento. Para isso ocorrer, você precisa analisar os dados qualitativamente, não apenas os números. Por exemplo: viagens focadas na prospecção de clientes estão ligadas às eventuais aquisições feitas por eles, mas não são as únicas coisas que devem ser levadas em conta. 

Caso o ROI não seja o valor desejado, é essencial lembrar que viagens corporativas fazem parte de um plano maior. Por isso, os gastos devem ser avaliados no contexto das estratégias, não isoladamente. 

O que fazer para maximizar o ROI?

Ao planejar o ROI de viagens corporativas, é necessário levar em consideração o custo e a receita para explorar o potencial de forma eficaz. Com um custo menor e uma receita maior, o resultado mensurado será melhor. Pensando nisso, dá para maximizar o retorno sobre o capital investido recorrendo a parcerias com quem domina a área, para sua gestão ser mais estratégica.   

A maximização do ROI de viagens corporativas também pode ocorrer a partir da definição do objetivo principal de cada deslocamento. Isso vai ajudar a estabelecer os resultados que você terá para mensurar e avaliar após calcular o retorno sobre o investimento. 

Outra recomendação é ter a maior quantidade de informações possível para determinar os resultados de cada viagem feita pelos colaboradores da sua organização. Por isso, incentive que eles organizem tudo aquilo que conquistarem a partir de cada investimento. Quanto mais precisão, melhor.  

Também é fundamental ter em mente que sua empresa precisa identificar despesas consideradas desnecessárias para poder eliminá-las. Assim, a gestão financeira de suas viagens corporativas vai gerar um aproveitamento melhor.

Quer começar agora o planejamento de viagens corporativas que seus colaboradores precisarão realizar? Clique aqui e fale conosco para ter o melhor direcionamento.  

Deixe seu comentário